sexta-feira, 27 de julho de 2012

XXIIII – Previstos e Imprevistos (parte II)


Assim que me vi sozinho em meu quarto, liguei para Léo. Não havia surpresa em sua reação embora transparecesse sua alegria diante das notícias.
– Eu não duvidei nem por um minuto que poderia ser diferente, Yuri. Estou muito, muito feliz! Por você e pelo Pôr do Sol.
– Obrigado, Léo... Não tem ideia de como também estou feliz de saber já estarei com você amanhã...
– Que bom, porque estou com saudades, Yuri. Sinto sua falta. Você me acostumou muito mal...



O táxi passava por ruas que eu jamais reconheceria se retornasse a Turim, porque eu não estava prestando atenção. Não me sentia bem. Nem havíamos chegado à boate onde foi marcada a comemoração, e eu já estava arrependido. Mas esse não era o único motivo do meu mal estar. Minha consciência pesava porque eu não tinha dito a Léo que estava saindo para uma festa, assim com também não comentei sobre meu breve encontro com Nina.



Eu não via problema em contar e contaria. Apenas acreditei que seria melhor fazê-lo pessoalmente, quando estivéssemos juntos e eu pudesse ler sua expressão, tanto quanto ela pudesse ler a minha. Então porque eu me sentia como se tivesse engolido uma bigorna?
– Relaxa, Yuri! É só uma boate! – Lis me advertiu e eu tentei sorrir.



Eu me esforçava para acompanhar Lis e Andréa na pista de dança, mas estava difícil. O alto volume da música eletrônica socava meus tímpanos, enquanto o piscar das luzes em cadência me cegavam. Não havia como conseguir me equilibrar e por duas vezes quase fui ao chão. Aquilo não era para mim.
– Vou até o bar! – urrei tentando avisá-las, mas duvido que tenham entendido.



Não houve muita melhora, mas pelo menos eu pude me sentar. Pedi um drinque cuja cor me desencorajou a perguntar do que era composto e apenas bebi. Voltei para procurar Lis e Andréa novamente e custei a acreditar no que via. Eu não estava bêbado, definitivamente não, mas cogitei a possibilidade de aquela fluorescência em minha bebida ser derivada de algum alucinógeno.



Parei para observar o homem na pista dançando com umas três mulheres e refleti por alguns segundos. Certo. Não era tão absurdo, afinal Pedro mora em Turim, mas qual a probabilidade de topar com ele no meio de uma balada e justamente na minha última noite na cidade? Escaneei a boate em busca de um lugar onde pudesse esperar até que Lis se cansasse e pedisse para ir embora.



Uma das mulheres – uma loira cujo cabelo batia quase na mesma altura de seu vestido –, se aboletou no pescoço de Pedro e tascou-lhe um beijo no melhor estilo desentupidor de pia. Tentei aproveitar a oportunidade e sair do ambiente, porém, ao me virar, outra pessoa surgiu diante de mim. Aparentemente, era a noite das surpresas.
– Que bom que tenha encontrado um tempo para se distrair afinal, Yuri!



O sorriso de Nina sempre era a primeira coisa que se via nela. E os olhos, esferas lapidadas de água-marinha, logo em seguida.
– Nunca imaginaria encontrar você aqui...
– Não duvido, eu nunca viria neste lugar por vontade própria.
– Não é tão ruim assim, vai!
– Não é... Só não é um lugar pra mim.



– Quer que eu chame um táxi pra te levar embora? – outra voz perguntou e só então percebi que Nina estava escoltado por seu amigo Ian.
– Acredite, eu gostaria, mas seria indelicado visto que minhas amigas estão se divertindo...
– Oh, você está acompanhado... – Disse em tom de deboche. E eu nem poderia condená-lo por não fazer questão alguma em ser agradável.



– Yuri! Aí está você! Eu estava te procurando! Onde você se meteu? – Lis parecia ter surgido do nada.
– Eu avisei que ia até o bar... Mas a música está muito alta... Talvez não tenham entendido. Você se lembra da Nina e do Ian, não é? – é claro que ela se lembrava, fiz a pergunta apenas para que ela percebesse a presença dos dois.
– Oh! Desculpem! Olá, não notei que eram vocês!



Dito isso, se deu uma mudez inesperada e constrangedora. Imaginava que Nina tomaria o rumo da pista de dança ou se sentaria no bar com Ian, mas ela não se moveu e me encarava de uma forma suplicante que me fazia sentir muita raiva de mim mesmo. Era óbvio que desejava respostas tanto quanto se mostrava disposta a não sair dali sem elas.
– Hey, Lis! – Chamou Ian, compreendendo os sinais ainda que contrariado. – Eu adoro essa música, vamos dançar!



Encontramos um lugar mais isolado e menos barulhento, e nele nos acomodamos frente a frente. Ela continuou me encarando em silêncio numa tentativa clara de me forçar a falar primeiro. Eu não tinha o que dizer a não ser reafirmar o quão miserável eu fui.
– Sinto muito, Nina. Você não merecia passar por nada disso. Fique a vontade para dizer o que quiser, ou me xingar, porque não existe nada que eu possa pra fazer pra me redimir.
– Talvez não haja nada mesmo... Mas eu gosto muito de você para ainda sentir raiva ou guardar rancor pelo sua atitude.



– Isso não faz com que eu me sinta melhor, acredite.
– Não estou falando pra você se sentir melhor. Você sabe que prezo a sinceridade, sempre. Estou contente de ter encontrado você.
– Eu também. Isso sim, me alivia um pouco. Poder ver que você está bem.
– É, eu estou... Confesso que minhas pernas bambearam quando dei de cara com você no aeroporto, mas...
– Fique tranquila, se você não me dissesse eu nunca ia desconfiar...



– Tudo bem, não sinto nenhuma vergonha de assumir isso pra você.
Lá estava eu, entrando naquele joguinho, tentando adiar o inevitável: as respostas para as perguntas que ela realmente desejava fazer. – Eu não conto pra ninguém...
– Foi uma surpresa e tanto. Ainda mais porque achava que quando esse encontro acontecesse, haveria outra pessoa ao seu lado.
– A Lis é só uma amiga...
– Está brincando! Já percebeu o modo como ela olha pra você?



– Tivemos alguma coisa. Mas é passado.
– Então eu não estava errada em meu julgamento, não é? – Perguntou com uma súbita certeza. – Você ficou por causa da Léo...
– Aconteceu tanta coisa... – Eu desviei meu olhar, não conseguia encará-la. Porque era tão difícil? – Estou tentando achar por onde começar...
– Não precisa se explicar... Acho que tudo que eu tinha pra saber, você já tinha dito... Eu assumi o risco. Só... lamento que... pra você, não tenha tido... a mesma importância.



Os olhos dela estavam quase transbordando, e lamentei mais ainda por achar que aquela conversa merecia um lugar melhor para acontecer.
– Não fale assim. Eu me apaixonei por você, Nina. De verdade, eu sei que você pôde sentir.
– Mas me esqueceu tão rápido, não é? – perguntou sem piedade, sem tempo de reflexão.
Ainda que minha razão me pedisse para confirmar aquela mentira, foi a verdade que saiu de minha boca. – É claro que não. – afaguei-lhe a mão.



Mal terminava de balbuciar, quando Pedro subitamente nos interrompeu com seus trejeitos gaiatos.
– Mas ora, vejam só quem apareceu no Velho Mundo...
– Boa noite, Pedro.
Ele alternava o olhar de mim para Nina e de volta para mim. – Não que seja da minha conta, mas o que faz tão longe de casa e, pelo visto, da razão de seu afeto também?
Não havia outra coisa a ser dita: – Você mesmo já respondeu, Pedro... Não é da sua conta.




31 comentários:

  1. Sinto que tinha feito um comentário, mas desisti porque hoje a coisa tá complicada... kkkkkk'
    Nina, porque você é tão perfeita? Meu Deus! Que mulher é essa? *-* Pah, manda meu número pra ela por favor? USHAUSHA'
    Já disse que não gosto tanto do Pedro, mas ando percebendo que ele e a Léo combinam... Agora entendo porque a Léo "escolheu" ele. Entre os dois rola uma química forte... Sabe aquilo de "fogo e gasolina"? Então...
    Juro que tive vontade de bater no Ian. Oh cara chato! Já vi que ele e a Lis se merecem! u_u'
    E o Yuri... Acho que ele fez errado em não contar pra Léo. Acho que ela não se chatearia, mas se o Pedro resolver dar uma de fofoqueiro e contar que viu o Yuri de mãos dadas com a Nina... A coisa não vai prestar >.<'
    Paula Mattos e seus personagens com personalidades complexas >.<' Amo isso!
    Beijos, Pauloca! Bom final de semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha, ela é fantástica, né? Também sou fã... ;]
      Hauhsauhsa, o Ian só tá tentando defender o dele, eu acho... E claro que isso inclui tirar o Yuri do caminho! XD
      Mas ele não disse que não contaria, e nem passou pela cabeça dele que ele encontraria a Nina de novo... Mas não acredito que passe pela cabeça de Pedro fazer papel de Dona Marocas.

      Bjks, queridão! Pra vc também!

      Excluir
  2. "Eu desviei meu olhar, não conseguia encará-la. Porque era tão difícil?" Essa eu sei Yuri!!! Pq vc a ama!!! \o/ \o/ \o/
    Pedro!! *-* Ele nem tem raiva do Yuri... Talvez só um ódio básico kkkkkkk

    Ninaaaa!!! .we. .we.


    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ama? Será? Amor é uma palavra muito forte. Até hoje só vi ele declarar amor a Sônia, no passado e a Léo, no presente! XP

      Hauhsuahsu, não acho que seja um sentimento tão forte assim... É mais uma revolta!

      Bjks!

      Excluir
  3. OMG!!!! Eu ate q esperava o encontro Yuri & Pedro, mais não nessas circunstancias..!!
    Concordo super com o comentario do Anibal.. Acho que a Leo faz um belo par com o Yuri, mais nao é na mesma intensidade que era com o Pedro.. 'sz*
    E como assim o Yuri esta "escondendo" as coisas da Leo?? Se alguma fofoca errada chegar nos ouvidos dela, eu vou achar bem feito pra ele! Ele ainda falou com ela antes de sair e nao contou nadaaaaa..
    Pedro tem todos os motivos pra contar o que viu, mesmo nao sabendo direito da historia..
    Bom.. Fico feliz pela Nina e ate agora nao entendi qual é a desse Ian!! Eles são realmente amigos ou rola alguma coisa a mais???


    -------------------> Pedro* Lindo, Lindo, Lindo..
    É muito bom te ver novamente, e pelo visto ja esta de volta só na galinhagem né???!! *-*
    Paula bom fim de semana..
    Beijos'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruna, como eu disse pro Aníbal, ele não tá escondendo, ele simplesmente achou melhor contar pessoalmente, pode não ter sido a opção mais acertada, mas tá longe de ser desonesta. ;]
      Também não acho que Pedro tenha direito de nada, afinal ele saiu de lá sem nem falar com ela agora vai ligar pra fazer fofoca? Ele perderia totalmente a razão! Bem, eu nem acho que ele pensaria tal coisa...
      Ao que me parece, o Ian quer muito mais do que uma simples amizade com a Nina. Já a Nina não parece tão empolgada a isso, embora tenha um carinho por ele. Se já rolou ou não alguma coisa, mesmo que breve, eu ainda não posso responder! XD

      Pra vc também, flor!
      Bjks!

      Excluir
  4. Paulaaaa!!!! O que meu Pedro esta fazendo com três piriguetes??? affs...depois vou ter uma longaa conversa com ele...snif...
    Eu fiquei tensa quando vi o que poderia rolar com os dois, mas...ainda tem q terceira parteee (curiosaaa).
    A Nina não podia ser mais feinha não??? Que mulher é essa gente, babeii... Me deu uma dozinha dela da pra ver que a Nina ainda ama o Yuri e parece que o sentimento por ela não é apenas uma amizade muito fofaa...
    Agora o Yuri esconder da Leo, não vai prestar, por mais que ele queria falar cara a cara, isso não é o certo, no lugar da Leo eu iria ficar possessa!!!
    Amei, amei, cada parte das fotos, da historia!!! Parabéns como sempre Pah!!
    Bjos!!! e um otimo FDS!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que o Pedro sempre fez com as periguetes da vida dele antes da Léo. Aproveitando a vida, ashuahsuahsahs. Gente, um cara com a libido como a dele, tão explosiva quanto a de sua ex-, ia tá fazendo o que? não acho que seja a cara de Pedro ficar sofrendo pelos cantos, como o Yuri, por exemplo. Pode ser até que ele dedique um dia da semana de fossa e talz, mas tá longe de ser depressivo, Pedro ama as mulheres e as mulheres o amam ainda mais!
      Gente, ele não escondeu, ele retardou. Pense, de que adiantaria ele contar pra ela lá no primeiro dia que encontrou com a Nina! Ia deixar a Léo todos os dias preocupada se ia acontecer de novo, e ele não pretendia nem que acontecesse! Tanto que não aceitou convite nem pensou mais nela.
      Ela pode até ficar com raiva na hora, mas qualquer um que pare pra pensar dois segundos nos motivos dele, iria entender... Vamos tentar ser menos passionais... ;]
      Obrigada, queridona! *-*

      Bjks! Pra vc também!

      Excluir
  5. Ok, acho que ainda não estou pronta pra comentar! kkkkkkkk'
    Peeeeeedro, meu amor s2s2 Por que ele tem que ser tão lindo assim? E por que ele tem que morar em Turim!? Pqp, não podia ser mais pertinho não? Quem sabe o Yuri não visse ele mais vezes né...
    Bom, eu não acho que o Yuri escondeu exatamente as coisas da Léo, mas não ter contado pode ter sido um erro enooorme... Falar cara a cara sobre ter encontrado a Nina realmente seria melhor. Mas depois desse encontro com o Pedro, talvez tenha algumas complicações né!? Tem uma chance enorme do Pedro fofocar pra Léo, do mesmo jeito que tem uma chance enorme dele não falar nada, só pelo fato dos dois não estarem se falando... Mas se Pedro falar, a Léo com certeza vai ficar chateada por ter ficado sabendo por outra pessoa... Não digo que vai ser uma coisa tipo "você mentiu pra mim, não quero mais saber de você Yuri", mas vai dar uma estremecida nessa relação.
    Quase chorei junto com a Nina =/ Por que alguém como ela tem que sofrer tanto? Ela não merece mesmo isso, mas se o Yuri ama a Léo tanto assim, foi melhor ele não ter ficado com a Nina... Não é lá muito fácil ficar com o homem que você ama sabendo que ele é perdidamente apaixonado por outra.
    Eu preciso dizer de novo, esse Ian é um lindo... Tudo bem que ele não é muito simpático com o Yuri, mas acho que é por ele amar a Nina, ele só tenta "proteger" ela... Ou alguma coisa parecida com isso!!

    Atuh mil vezes linda Paulinha... Pedro, Nina, Yuri e Ian em uma atuh só, é a perfeição! Fiquei muito ansiosa pra próxima, quero ver como essa conversa super agradável do Pedro com o Yuri vai acabar.
    Peeeedro s2 *-----* Você tem que aparecer mais vezes seu lindo!
    Beeeijos e bom findi Pah ;**

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, sim, aí sim! Pode não ter sido a melhor opção, mas que ele não pretendia esconder nada, não pretendia mesmo! Acho que mesmo que eles estivessem se falando, Pedro não se prestaria a esse papel, como disse aí embaixo. Não tem nada a ver com o feitio dele e seria uma de uma estupidez sem tamanho, achar que separaria a Léo do Yuri assim! E sabemos, Pedro está longe de ser estúpido.
      Bem, tudo que posso dizer é que esse já "quadrilátero" Pedro-Léo-Yuri-Nina, ainda deve dar muito pano pra manga! '-'
      Com certeza a antipatia do Ian está ligada ao Yuri. Duvido muito que ele seja um sujeito intragável, ou Nina jamais pareceria ser tão sua amiga.
      Cara, que vontade de contar a próxima, ahsuahsauhsauhsauhsauh! Mas não posso!!! Mas não perca, tá tensa! haushauhsuahsauh

      Bjks, florzinha! Pra vc também!

      Excluir
  6. Oh ! Toma Pedro! kkkkkkkkkkkkk
    Mas é sempre ótimo ver o Pedrinho! Lindo d+ seu galinha!
    Eu entendo o Motivo do Yuri de não contar a Léo. A coisas que só podem ser ditas cara a cara, pra não haver suspeitas.
    Pensei a mesma coisa que o Aníbal, e se o Pedro contar a Léo antes do Yuri?! '.'
    Mas Paulinha... Isso tudo serviu pra uma coisa... PEDRO E NINA se conheceram!!! E veja só, que casal lindo formariia! Queroo muitoo!
    amei amei amei a atuh!!!

    Beijinhoos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hauhsuahs, não se anima, você acha que Pedro vai deixar essa resposta barata? XD
      Claro que dá pra entender, e de que adiantaria contar antes? Só pra deixar a Léo mais tensa? E depois ele não imaginava que encontraria a Nina de novo! Nem o Pedro tampouco!
      Pedro não é fofoqueiro, nem burro. Não há porque ele passar mão num telefone pra fazer isso, considerando que nem um tchau ele verbalizou pra ela.
      Haushauhsashu, não conta pra ninguém, mas eu também achei! Eles formam um dupla que eu diria bem explosiva! XD
      Brigaduuuuuuu, bjks!

      Excluir
  7. Serio que acabou? Eu podia jurar que tinha mais depois disso, até me assustei xD.

    O Pedro tá se saindo um ótimo inconveniente hein, eu achei que ia passar batido, mas ele ñ perde uma oportunidade kkkkkk.

    Eu nem tinha pensado até ler o comentário da Monique, será que ele (Pedro) vai contar pra Léo? Eu acho que não. Só acho...

    Hum, até que enfim Nina e Pedro se conheceram, apesar d'eu achar que ela fica melhor com o Ian, mas com certeza a mente de Paula Mattos já tem algo planejado desde o começo né? rsrsrs

    Bjos Pah, bom findi ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hauhsaushuahs, cabou, mas sexta continua, COM EMOÇÃO! XD
      Ah, imagina se Pedro perderia uma oportunidade de espezinhar o Yuri! Veja, não é que ele seja um cara babaca, mas ele tá ressentido.
      Você só acha, eu tenho certeza. Sem chances dele se prestar pra isso.
      Eu? Planejado? Cara, se tem uma coisa que não é planejada são minhas histórias. Eu juro que tento deixar adiantado, mas só pra você ter uma ideia eu terminei de escrever o capítulo de sexta que vem, anteontem. E ainda falta fotografar algumas coisas. O.O

      Bom findi pra vc tb, Beck! Bjks!

      Excluir
  8. Genteeeeeeeeeeem, um PS antes de responder cada um em particular...

    É do Pedro que estamos falando. Do PEDRO!

    Quem conhece um tiquinho só do Pedro, sabe que ele não ia se prestar a um papelão de fofoqueiro desse nível, né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu concordo com a Paula, nossa nunca passou pela minha cabeça que ele iria contar, esse não é o Pedro que a gente conhece. Agora galinhar poxa gente lá em limiar ele ja era garanhão pegava todas, agora ele triste por não estar com a Leo, clarooo que ele iria estar rodeados de mulheres. Não achei ele nada inconveniente, eu acho só que ele esta sondando pra ver porque a Leo não esta com Yuri e sim outra mulher!!! haha
      Bjos

      Excluir
    2. Eu conheço bem o Pedro, ou acho que conheço... Mas passou pela minha cabeça sim... Não pra fofocar, mas num momento de raiva sabe!? Pedro não pensa muito bem quando fica nervoso, ainda mais se tratando do Yuri, e como eu ainda não faço ideia do que vai acontecer na próxima atuh, veio isso na minha cabeça!

      E olha, eu tenho que dizer, eu preciso me abrir... Gostei desses coments aí de cima não hein, Monique e Beck kkkkkkkkk' Ok to exagerando, que drama!!... Nina é linda, perfeita, maravilhosa, a mulher dos sonhos de qualquer homem normal... Mas ainda não vejo ela e Pedro juntos, não rola não!!! Mas se tratando de Paulinha, vai saber...

      Beeeijos ;*

      Excluir
    3. É também tem isso Jaque, só se for no momento de fúria, mas acho que talvez isso não vai acontecer...mas tudo pode e nada pode com dona Paula....haha

      Excluir
    4. Gente, nem com nem sem. É o Pedro, não é o Tatá!
      Num momento de fúria é mais fácil o Pedro quebrar o nariz do Yuri do que se prestar a esse papel ridículo.

      Bjks!

      Excluir
  9. Tudo muito bom ... tudo muito bem ... mas o que o Pedro tava fazendo no meio daquelas periguetes? Não gostei.
    E a Nina? Que mulher é essa? Por que o Yuri não fica com ela? Prá mim, ele ama a Nina. Mas tem uma fixação pela Léo. Um dia ele vai perceber isso (só espero que não seja tarde demais).
    Adorei a atuh, Paula! Rever o Pedro sempre é muito bom (mas fiquei meio preocupada com essa fase menino revoltado que senti nele).
    Bjs, Alice

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hauhsaushauhs, como assim "o que ele estava fazendo"? O que ele melhor sabe fazer, oras! Até parece que você não leu LimiaR! Ou não lembra do vai-e-vem daquele quarto dele?! Ou da boca suja de batom, ao falar com a Léo no meio do treino junto a uns amassos nas cheerleaders?! Haushauhsuahsuahsuh!
      Eu não consigo entender o que quer dizer com fixação. Porque fixação? Porque ele não esqueceu? Se daqui há 10 anos Pedro também não tiver esquecido, será fixação? O que separa a fixação do amor pra você?
      Eu não via ele seguindo nem caçando a Léo, querendo notícias, lendo sobre ela, antes de ficarem juntos! Existe sim, todo um universo conspirando a favor, dele, e já era assim desde LimiaR, mas não é ele quem faz isso, ele não é o Mago Merlin.
      O Pedro é um gostoso mesmo, benza Deus! E as caras de safado e deboche que ele faz dá vontade de agarrar! Mas não achei ele revoltado não, apenas implicante com o Yuri, por motivos óbvios... E... esse encontro ainda não acabou! XD
      Obrigada, querida! S2
      Bjks!

      Excluir
    2. kkkkk Realmente tinha me esquecido desse "poder de sedução" do Pedro...
      Bem, posso até ter exagerado com a palavra "fixação". Talvez seja porque não acredito muito em amor à distância. Esse negócio de você passar anos sonhando com o ser amado, mesmo sabendo que ele está feliz ao lado de outro, imaginando um deslize na relação prá você estar lá, pronto prá consolar, sei não ... No caso do Yuri, sinceramente, seria bem mais "leve" ele ficar com a Nina. Outra coisa: também não acredito no amor da Léo. É muito fácil você sair de um relacionamento magoada e cair nos braços de outro (principalmente se o outro for o Yuri rsrsrs). Por isso continuo na torcida: Pedro x Léo / Yuri x Nina. Ah! Já ia me esquecendo: o Pedro não esquecer seria diferente, pois ele já teve uma vida real com a Léo (e além do mais o Pedro pode tudo kkkkkkk).
      Bjs, Alice

      Excluir
    3. Bem, o Yuri não ficou 5 anos congelado pensando na Léo. Ele se relacionou com outras mulheres, só que nenhum relacionamento foi adiante, então não podemos dizer que ele não tentou. O amor da Léo pelo Yuri não nasceu no momento que ela se desentendeu com o Pedro. Ele sempre esteve ali. Eu acho que ela deixou isso claro muitas vezes...
      Haushauhsau, ah, sim claro, ele sempre pode! XD

      Bjks!

      Excluir
  10. Oi, Paulinha! Desculpa não ter comentado antes. Eu li à tarde, mas logo depois tive que sair e acabou não dando tempo. Mas não poderia dormir sem voltar aqui!

    Bom, esse encontro com o Pedro não foi nenhuma surpresa para mim, eu já o havia previsto no meu comentário na atuh passada. Mas o novo com a Nina foi sim!
    Eu acho que o Yuri deveria ter mencionado à Léo que iria à boate, mas sobre o encontro com a Nina no aeroporto, realmente não era assunto para se tratar ao telefone!
    E em momento algum me passou pela cabeça que o Pedro falaria para a Léo que tinha encontrado o Yuri por lá. Não só por os dois não estarem se falando, mas por não ser do feitio do Pedro mesmo!

    Acho que esse reencontro entre Yuri e Nina foi necessário, afinal uma hora ou outra essa resposta deveria ser dada, mesmo que não haja uma resposta adequada.
    Mas me partiu o coração ver a Nina triste. Ao menos agora ela conhece o Pedro e quem sabe formam o mais novo casal 20 europeu! *--*

    Ansiosa pela próxima atuh! Mas, apesar disso, vou torcer para essa semana passar beeeem devagar, porque pode ser minha última de férias.
    Beijo! Amo sempre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu achei que, como já tinham visto a Nina, agora só estivessem esperando mesmo o Pedro... Hehehehe.
      A Nina é um assunto relevante, mas essa questão de falar ou não falar sobre a boate eu acho tão boba! Ele nem queria ir, não tava indo pra "curtir uma com os amigos", era quase uma obrigação, e ter que dar satisfação disso é demais! Eu acho que esse tipo de cobrança é que desgasta um relacionamento ao longo do tempo. Ou você confia ou você não confia, cacete!
      De fato, não é mesmo...
      É, essa conversa tinha que acontecer, apesar do lugar inapropriado, não se sabe quando surgiria outra oportunidade, não é verdade?
      Hahahaha, será? Bonitos eles ficam e como já comentei aí pra cima, existe uma química que combina a libido do Pedro com o jeito divertido da Nina... Vai saber o que vai sair daí... Mas também estão em países diferentes, então, não é tão Simples assim.
      Haushaushuahs, eu também vou, porque ainda não tá pronta! XP

      Obrigada, amore! Bjks!

      Excluir
    2. Eu acho sim que tem que haver confiança e ela é a base de um relacionamento saudável, mas acho que eu gostaria de saber se meu namorado fosse a uma boate, mesmo sabendo que é o Yuri e com certeza ele não faria nada, né? A Léo (e todo mundo) sabe que ele a ama e não faria nada. Acho que não faria mesmo se não estivesse com ela.

      Eu já namorei à distância. Claro que não é a melhor coisa do mundo, mas também não é tão ruim assim, ainda mais na Europa que tudo parece uma ponte aérea, como se fosse Rio-SP, haha. Espero que o casal Nina e Pedro dê certo! Podem até se apaixonar quando ele desviar o olhar do Yuri pra ela na mesa mesmo e deixar o loiro lá de vela, hahaha. Ok, viajei só um pouquinho.

      Beijo!

      Excluir
    3. Eu acho que talvez também quisesse saber antes, mas isso só demonstra minha insegurança, fato. Pois se confiamos que o ser amado não vai nos trair, que diferença faz saber se ele foi ou não há algum lugar? Parece que estamos exigindo algo em troca: eu te dou minha confiança, mas só se você me der satisfação de cada passo... Como eu disse e repito. Confiança é confiança.

      Será que viajou tanto assim? Haushauhsuahs!

      Bjks!

      Excluir
  11. Pedroooo, meu gostoso!!! Saudades de vc bebê!!! *-*
    Nina, sua sortudona, deixa esse loiro aí e presta atenção na gostosura que acaba de aportar ao seu lado!!! .baba.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gosto é gosto... Cada um tem o seu! XP

      Bjks!

      Excluir
  12. Paula!
    Flor acompanho fielmente!
    so não to botando comentário me desculpe!
    Amando cada frase cada capitulo!
    Você é minha maior espiração!
    Obrigada!
    Mas olha
    eu não gostei da atitude do pedro!
    A Leo se aproveitou do yuri!
    adorei eles juntos confesso,mas ela abuso e uso dele!
    quero que eles sejam felizes.
    Ansiosa por mas,postei un negocio la no meu se der da uma lida
    adoraria saber sua opinião.
    Mil bjjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida, obrigada! ^.^
      Eu também espero que eles fiquem bem... Mas em quê ela usou e abusou do Yuri?
      Vou passar lá no findi, ok?
      Bjks!

      Excluir

Diga lá...